sexta-feira, 27 de maio de 2011

*Clipping: Vila Mulher e algumas rapidinhas*

*
Foi ao ar ontem, aproveitando a deixa do início da HotFair no Rio de Janeiro, a entrevista que dei por email para o Vila Mulher, do site Terra.

Vale o click!
 Eu falo das origens do neo-burlesco, a diferenciação dos estilos e do que é necessário para ser uma dançarina.
*

*
Ah, ontem fui ser fotografada pelo divertido Alex Korolkovas para um programa sobre cabarés e fetiche da Multishow. Estou ansiosa pelas fotos.

Foi divertidíssimo. Need proof? 


 Ok, pra ser justa o argumento da frase é meu. E eu já estava bem cansada nessa foto.
*
*
Querem ver burlesco e se divertir ao som de Rockabilly? Demoiselle Mimi Mi faz seu "Razzle Dazzle" hoje à noite, no Container Club.


Vão lá!
*

Gente, é friday friday! Ok, hora de entrar no modo jornalista e parar de entrar em pânico porque estou sem filtros de café.

xoxo

sweetie Bird

terça-feira, 24 de maio de 2011

*Burlesque Pet Peeves (e algumas fotos pra adoçar)*

*
Quem me conhece suficientemente bem sabe que sou chata. Não chata de "mimimi", mas teimosa, cabeça dura, obstinada e todos os outros adjetivos legais que dão a quem não muda facilmente de idéia.
.
Algumas coisas me enervam. Coisas que um olho casual não notaria, ou que podem parecem não importar. Especialmente no burlesco. Mas que pra mim fazem toda a diferença.

E só pra ser chata, já que graças ao anticoncepcional novo estou com a TPM mais mal resolvida de todos os tempos, decidi fazer uma lista das coisas que mais me exasperam no mundo do Burlesco (com a ajuda da minha fiel escudeira Demoiselle Mimi Mi). Porque nem tudo é glamour e lantejoulas, honey. Muito pelo contrário.
.
Burlesque Pet Peeves
(btw, pet peeves se traduziria como irritações de estimação. Então deixemos no original)


* meias tem um lugar certo para ficar. Meias 7/8 não são meias 6/8. Não as trate como tal. E honestamente, não há nada mais glamouroso do que o comprimento ópera (aquele que vai até o topo da coxa).
Você pode fazer como eu (que tenho pernas curtinhas) e usar as comuns, comprar opera stockings importadas ou copiar o exemplo da  Demoiselle Mimi Mi e fazer as suas próprias.
* looks inacabados (sem ser de propósito). Sorry, como produtora, figurinista, dançarina e esteta, acredito que acessórios, maquiagem e CABELO fazem toda a diferença. Nem sequer tentar é um insulto a quem se esforça e dedica a tornar o burlesco algo bonito e interessante de ver.

* prêt-à-porter. Você não foi dar uma voltinha no baixo Augusta e acabou pisando num palco onde você precisa contar uma história (a não ser que sua persona seja completamente hipster). Você gastou tempo e dinheiro criando algo especial. Não importa quanto sua lingerie custou, ao menos se dê ao trabalho de pegar na pistola de cola quente e acrescentar umas franjas e fitas de cetim. Nós vendemos ilusão.

* usar roupas que não foram feitas para tirar. Não sabe costurar? Sem problemas. Customização, cola de tecido e costureiras existem para isso. Mas tentar sair de uma peça apertada sem zíper, velcro ou botões em um local estratégico é constrangedor para você e para o público. E isso só é bacana se for intencional.

* teve sucesso em se despir sobre o palco? Parabéns, você é uma stripper. Mas pelamordedeus não dance em cima das suas roupas. É perigoso. E feio.

* não saber aproveitar a melodia para contar a sua história. Não, você não precisa interpretar a letra ou coreografar cada nota. Mas algumas escalas são geniais demais para não seguir, e uma boa batida perdida me parte o coração. Ouça a música.

* e já que estamos falando em música, se você não sabe mixar faixas, pague alguém para fazer. Ou aprenda. Ou use a música como é. Não é tão difícil assim dominar o básico do SoundForge, o AcidPro ou mesmo softwares gratuitos. Tenho vontade de bater em alguém quando cagam a música.

*
 Saiba a hora de parar de acrescentar coisas ao seu número. Lembre-se do lema dos dois porquinhos fofos da San-x:
simple is best!!

* ser diva não é ser vaca. Seja uma dama e tenha bons modos no camarim, no backstage e fora do palco. Lembre-se, what goes around, comes around.

Pronto, falei.
.
O twitter da Michelle L'amour vive recheado de dicas delícia para evitar incorrer nestes erros (óbvios) e em outros mais inconspícuos.
*

*
Ok, chega de ser bitch e vamos à parte doce do post. Fotos recentes!
.
Essas são do apresentação que fiz para enfeitar o show da diva Monique Maion no Lions Nightclub. Ela arrasa no vozeirão.



 

.
Sexta passada tive a honra de dividir novamente o palco do Circo Voador, no Rio de Janeiro com o Matanza e outras bandas supimpas de rock na A Grande Roubada. Kudos pra Marina Patalano por ter sido minha acompanhante da noite. You're the best!









Este é meu número mais recente, "I'm a bad bad girl". Basicamente zoa o clichê da mulher sozinha no bar, desesperada por um homem, no fim de noite. Quase quase uma música do Matanza. Quer conhecer melhor minhas performances? Baixe o Press Kit aqui.







Os cariocas são um público animadíssimo. É sempre um prazer.
*

Lembrando que existo online em muitos mais lugares do que aqui!

Para uma overdose de coisas lindas e fofas, sigam meu tumblr.
Votem no meu último set no SuicideGirls porque esse docinho aqui precisa de sapatos fofos.
Ah, e curtam minha fanpage nova no Facebook!

xoxo

sweetie Bird


segunda-feira, 23 de maio de 2011

*#MusicMonday: Lições Musicais - Capítulo 35º: When you got it, flaunt it!*

*
Ok, o finde foi intenso. Exceto pela parte onde eu hibernei. Literalmente. Eu dormi 20 horas seguidas. Mas é o que acontece quando você está a dois dias quase sem dormir e vai dançar no Rio de Janeiro...
.
Vamos a mais uma lição do excelente musical "The Producers". Além de uma boa opção pra animar uma semana atarefada, esse remake do filme de 1968 (só podia ser do Mel Brooks) é recheado de ótimas canções. E mais de uma boa lição.
.
Se você tem, mostre!

video

Essa sueca sabe das coisas! Aprenda!

"Ven you got it, flaunt it
Step right up and strut your stuff
People tell you modesty's a wirtue
But in the theatre modesty can hurt you 
Ven you got it, flaunt it
Show your assets, let them know you're proud
Your goodies you must push
Stick out your chest, shake your tush
Ven you got it, shout it out loud 
...
Ven you got it, show it
Put your hidden treasures on display
Violinists love to play an E-string
But audiences really love a G-string 
Ven you got it, should it!
Let the whole vorld hear vat you're about
Clothes may make the man
All a girl needs is a tan
Ven you got it, let it hang out!
...
Ven I was yust a little girl in Sveden
My thoughtful mother gave me this advice
If nature blesses you from top to bottom
Show that top to bottom, don't think twice 
...
Don't think twice!
Ven you got it, share it
Let the public feast upon your charms
People say that being prim is proper
But ev'ry showgirl knows that prim will stop her 
If you got it, give it
Don't be selfish, give it all a-vay
Don't be shy, be bold 'n' cute
Show the boys your birthday suit
Ven you got it, if you got it
Once you got it, shout out hooray!"
.

Em poucas palavras, a modéstia pode te prejudicar. Especialmente se você é uma dançarina burlesca.
*

Vou aproveitar o restinho da segunda-feira pra curtir o pufe da sala e o tumblr. Só mais um pouquinho...

Tenham uma semana exibicionista!

xoxo

sweetie Bird

quinta-feira, 19 de maio de 2011

*Agenda: A Grande Roubada*

*
Me apresento no Rio de Janeiro amanhã, no show de lançamento do novo cd do Matanza, no Circo Voador. 
.
Adoro a Grande Roubada. Vai ser cansativo (tem gravação à tarde em Sampa para o blog), mas vai ser uma delícia.
 

Ano passado também me apresentei na Grande Roubada, e dancei antes do show do Matanza. Fotinhos para quem perdeu!
*